Omar Rosário

Altos e Baixos – uma experiência masculina.

Apesar da sociedade estar em constante mudança, ouso a dizer, que esta, ainda pratica o falocentrismo, que se “baseia na ideia de superioridade masculina, na qual o falo representa o valor significativo fundamental”. O tal “brilho fálico” atribuído ao homem ” por natureza” é também motivo de muita insegurança e insatisfação. A ideia de não se enquadrar no “modelo ideal” muitas vezes leva o homem a não desenvolver sua vida sexual, vivendo em constante inferioridade. O oposto também acontece. Os que se enquadram no padrão “bom para todos”, podem acabar vivendo sob a idéia de uma superioridade nata.

Essa série de pinturas retrata esse “protagonista” da anatomia humana monstrando suas variadas formas. Flácido e ereto. Uma transformação física impulsionada pelo emocional, com uma força própria, instável e sentimental. Causador de ódio, amor, orgulho e desgosto. Essa experiência masculina se comunica entre “altos e baixos”.

As treze pinturas foram retratadas a partir de fotografias enviadas por voluntários. As cores imprevisíveis e as formas expressivas, criam um novo olhar para um “objeto” tão familiar.

Acrílico sob papel / Acrylics on paper – 18x21cm